Utilizando o MemoryStatus – 001

Sei que ja é um assunto bem batido, mas o gerenciamento de memoria do SQL Server sempre me deixa curioso e sempre existe algo diferente a ser comentado.

Ja tenho outros 2 posts sobre memoria, que podem ser vistos aqui e aqui.

Seguindo alguns posts do Fabricio Catae (Que pode ser visto aqui).
Sei tambem que tais informações ja existem em DMV´s (A partir do SQL Server 2005, é claro…), mas eu gosto deste comando, pois ele te traz uma gama enorme de informações…

Se executarmos o MEMORYSTATUS, veremos muitas opções, não irei aplicar nenhum filtro neste post, pois os mesmos podem ser facilmente encontrados na internet, então, de forma simples, no retorno do memorystatus, vamos buscar o que é interessante de se comentar neste primeiro post:

Buffer Pool:
Committed -> Aqui temos a informação de quantas paginas (8k) o SQL Server esta efetivamente utilizando.
Target -> O total que ele pode chegar, o Committed pode ser menor ou igual ao Target, mas nunca maior, ou seja, o SQL Server nunca ira utilizar mais memoria do que o real existente e disponivel.
Database -> Total de paginas de dados que o SQL Server possui em memoria.
Dirty -> Total de paginas de dados sujas* em memoria

Process/System Counts:
Available Physical Memory -> Memoria fisica disponivel no servidor, cuidado com este contador, se ele chegar a 0, quer dizer que toda sua memoria fisica foi esgotada, o que pode causar indisponibilidade de todos os outros serviços que rodam no servidor.
Percent of Committed Memory in WS -> Total percentual de memoria na memoria fisica, ou seja, de forma didatica, não “utilizando o disco como memoria”, o ideal é que este esteja sempre perto dos 100.

*Uma pagina suja possui esta nomenclatura quando seu conteudo em memoria esta diferente do original em disco, ou seja, a pagina foi alterada, e sera necessario um processo de CheckPoint (Que pode ser visto aqui) para limpa-las.

Anúncios
Post a comment or leave a trackback: Trackback URL.

Comentários

  • Paulo Sergio Sarraino  On 20/09/2012 at 16:24

    Olá Fabrizzio,

    Estou pesquisando na net sobre configurações do ReportServer. Você sabe algo a respeito? Ou alguém que pode ajudar?

    Minha dúvida é o seguinte: como tenho 2 aplicações, organizei os arquivos necessários em 2 pastas relacionadas. Como as aplicações envolvem áreas diferentes, gostaria de controlar o acesso dos usuários aos relatórios no nível das aplicações.

    Atualmente, o acesso é controlado pela pasta ReportServer que fica no nível superior e não consigo visualizar as pastas das aplicações pelo Windows Explorer (será que são virtuais?)…

    Minha versão é 2008 R2…
    Enfim, qualquer ajuda é bem-vinda…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: